Anterior
Próximo

Superfaturamento de hospital de campanha deixa indignada a população de Tamoios e região.

Idealizado por Charles William e com participação de Anthony Lescaut, Alexandre Gomes e Debora Silva Santos o protesto foi realizado no início da tarde dessa segunda-feira em Barra de São João.

Os três foram até o local onde foi erguida a estrutura do hospital de campanha devido ao COVID-19, ao lado do hospital estadual desativado.
A live transmitida pelo Facebook, que chegou a ter 300 internautas assistindo simultaneamente, mostrou o estado do antigo hospital, que aparentemente está em boas condições. A principal queixa dos influenciadores deve-se ao superfaturamento da nova estrutura, que segundo eles chega a ser 10 vezes mais cara do que a mesma estrutura erguida em São Paulo.
A população participou ativamente nos comentários e manifestou a sua indignação com o atual governador estadual. A hashtag ForaWitzel (#ForaWitzel) foi comentada dezenas de vezes.
Entrei em contato com Charles William e o mesmo informou que eles continuarão fazendo protesto dessa forma, mas por enquanto não têm previsão de quando acontecerá o próximo.
O hospital desativado está assim desde 2009, ele era referência para a região, hoje a população de Barra de São João é atendida no 1º distrito, em Casimiro de Abreu, pois as cidades vizinhas, Rio das Ostras e Cabo Frio, evitam atender pacientes de outros municípios.
O hospital de campanha em Barra de São João terá 100 leitos destinados exclusivamente a pacientes com COVID-19 e sua inauguração está prevista para o dia 30 desse mês.

Wagner Pina é o autor dessa matéria