Anterior
Próximo

Projeto de dança ajuda mulheres a saírem da depressão

O Projeto de Dança Aline Rangel já vinha ajudando dezenas de mulheres mesmo antes da quarentena. As reuniões surgiram após a sua idealizadora, a própria Aline Rangel, perceber que algumas amigas, e amigas dessas amigas, a procuravam para desabafar e que havia uma grande quantidade de mulheres precisando de ajuda e se sentindo sozinhas, algumas com depressão e baixa autoestima.

Aline é funcionária pública, formada em Língua Portuguesa e instrutora de dança.

Quando a quantidade de mulheres que a procuravam aumentou consideravelmente, ela teve a ideia de fazer reuniões e assim estimulando-as com a dança e alcançando ainda mais pessoas. As aulas são gratuitas e, segundo Aline, sempre serão. “O dia que for cobrado, talvez a pessoa que mais precise não tenha acesso.” – diz a idealizadora do projeto.

As aulas de dança aconteciam, antes da pandemia, na altura do condomínio Santa Margarida, em Tamoios, Cabo Frio, nas areias da praia. Hoje são assistidas não por dezenas mas sim por milhares de pessoas através da página do Facebook do projeto.

Quer saber mais sobre o Projeto de Dança Aline Rangel?

Nessa segunda-feira (27) Aline estará no Programa Fala Comigo, falando tudo sobre o projeto.

O programa é transmitido pela página do Portal Shalom no Facebook e simultaneamente pela RadioWeb Shalom.

Para acessar a página no Facebook do Portal Shalom clique aqui.

Para acessar a página no Facebook do Projeto Aline Rangel clique aqui.

Wagner Pina escreveu essa matéria