Anterior
Próximo

Auto ajuda ou ajuda do Alto – Maurivam Galdino Costa

Filho meu, não te esqueças da minha lei e o teu coração guarde os meus mandamentos, pois eles aumentarão os teu dias e te acrescentarão anos de vida e paz.
Provérbios 3:1,2
Nestas palavras acima podemos ficar com a auto ajuda ou com a ajuda do Alto.
Auto ajuda se trata de um humanismo positivista. Os crentes que estão se desviando da fé em Jesus, se limitam às palavras positivas e encorajadoras de Deus. O que há de mau nisso? Podemos perguntar. Não devemos nos apegar às palavras positivas e poderosas de Deus? É claro que sim, mas quando separamos a palavra de Deus de seu real propósito, o qual é nos reconciliar com Ele, fica claro que só queremos os benefícios da palavra e não um relacionamento de volta com Deus por meio de Cristo.
Para entendermos melhor, meditemos nesse texto de Provérbios:
Aquele que se apega a auto ajuda, agarra com unhas e dentes a segunda parte do texto: “aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz”. – Deus vai aumentar os meus dias. Nada de mau vai me acontecer. Eu não vou ficar doente. Pode o mundo desabar, eu permaneço de pé. Esse é o meu melhor ano. Sou cabeça e não cauda. Serei o próximo bilionário da década. Meus filhos têm sucesso…
Notaram? Só frases de empoderamento. O que há de mau nisso? Há algum propósito de glorificar a Deus em cada uma destas frases?
Já quem não quer auto ajuda, mas sim a ajuda do Alto, se apega a primeira parte do texto:
“Filho meu, não te esqueças da minha lei e o teu coração guarde os meus mandamentos”. -Deus , eu preciso de Ti. Sem Ti não sou nada. Que adiantam riquezas se eu não tiver a bênção da Tua presença. Amado Pai, quero te exaltar em toda a minha vida. Sei viver contente em toda e qualquer situação. Dá-me clareza de propósito. Que eu seja feliz com Jesus. Jamais serei autossuficiente. Estou crucificado com Cristo. Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim.
Notaram a diferença agora? Quem quer auto ajuda centraliza a vida em si e quem quer a ajuda do Alto, centraliza a vida em Deus .