Anterior
Próximo

Acne – Terror apenas na fase da adolescência? – Claudia Rangel

Acnes, espinhas, cravos, são comuns durante a adolescência, devido ao turbilhão de hormônios que chegam com a puberdade. Elas surgem principalmente, no rosto, pescoço, costas e braços. Ao contrário do que muitos pensam, não é exclusiva dos adolescentes, ela surge também em adultos e, geralmente, pode ser causada por uma série de fatores, como: alterações hormonais, genética, estresse, uso de medicamentos ou suplementos e cosméticos com formulações muito oleosas.
Na nossa pele existem glândulas que produzem um tipo de ‘’gordura’’ que auxilia na barreira de proteção, o sebo. Quando produzido de forma exagerada, obstrui os poros, predispondo à proliferação de bactérias. Na tentativa de contê-las, nossas células de defesa produzem pus, formando, assim, as espinhas.
Além disso, as pessoas que possuem histórico de acne na adolescência e têm a pele oleosa são mais predispostas a ter esse tipo de problema em sua fase adulta.
Vamos conhecer um pouco sobre tipos de Acne e sua classificação.
• – Acne não-inflamatória ou comedônica (Grau I): é a mais comum, caracterizada pela presença apenas de comedões (cravos), sem lesões inflamatórias (espinhas) principalmente, na testa, bochechas e nariz;


• – Acne pápulo-pustulosa (Grau II): apresenta cravos e espinhas avermelhadas, inflamadas, dolorosas e, muitas vezes, com pus (comedões, pápulas e pústulas);


• – Acne nódulo-cística (Grau III): apresenta nódulos inflamados na pele, muitas vezes chamados de espinhas internas. (comedões, pústulas e cistos);


• – Acne conglobata (Grau IV): caracterizada pela presença de cistos ou nódulos inflamados próximos uns dos outros. Nestas situações, a formação de cicatrizes é muito comum, por isso o tratamento combinando os ativos tópicos e sistêmicos deve ser iniciado o quanto antes;


• – Acne fulminans (GrauV): um tipo mais raro e grave de acne, onde as lesões são acompanhadas de sintomas como febre, fraqueza e dor muscular. É mais comum nos homens e para o tratamento são indicados medicamentos tópicos, orais e cirurgia.

Para você que está sofrendo com esse problema, deixo aqui algumas dicas:

*NÃO EXPREMER em hipótese alguma (as unhas têm bactérias e podem agravar o estado da sua acne, deixar manchas e gerar cicatriz);
*Usar sabonete em gel ou espuma de limpeza (NUNCA usar sabonete do corpo em seu rosto);
*Usar tônico para equilibrar o PH da pele;
*Usar sérum
*Usar protetor solar SEMPRE (independente de ter sol ou não, pois lâmpadas, luz do celular, TV, calor do fogão … prejudicam sua pele);
*Faça pelo menos limpeza de pele 1 vez ao mês (procure um profissional habilitado e qualificado).

Claudia Rangel é autora desse artigo

Clique aqui para conhecer mais sobre Claudia Rangel